Close

Dicas de como solicitar um orçamento gráfico

Ao fazer cotações em diferentes gráficas, é comum o cliente encontrar preços divergentes cuja discrepância entre eles seja exorbitante. Claro que toda gráfica difere em preço, prazo e qualidade e é válida sempre uma boa pesquisa antes de escolher o seu local de confiança, porém, muitas das vezes acontece porque há algumas falhas em sua solicitação de orçamento.

Quando há falta de especificações técnicas, o orçamento ficará a critério do profissional que irá fazê-lo.  Enquanto gráfica A interpreta o seu pedido de “cem unidades de cartão de visita” como sendo uma impressão simples digital, a gráfica B diante do mesmo pedido pode interpretar como sendo impressão em offset em papel especial. A gráfica B pode até ter preços mais justos do que a A se tratando de cartões em impressão digital, mas, como a mesma não sabe do que o cliente necessita, interpretou o orçamento e ofereceu o que ele acredita ser o melhor – mesmo que não seja exatamente o que o cliente está à procura naquele momento. Além disso, passar as informações corretamente faz com que o orçamento seja entregue mais rápido.

O Blog VCPrinta listou algumas informações essenciais para que seu orçamento converse diretamente com seu bolso e sua necessidade:

  1. Formato: é fundamental passar as medidas de seu material para a gráfica, pois a maior parte da matéria-prima utilizada para produção, como papeis, por exemplo, são adquiridos por tamanho ou quilo. Com essa informação, o orçamentista saberá exatamente de quanta matéria-prima o serviço irá demandar e poderá repassar a você o preço ideal de produção.

Exemplos de especificação de formato: adesivo vinil 30 cm por 50 cm | Revista no formato A3 aberto (29,7x32cm) e fechado A4 29,7x21cm | cartão de visita 9x5cm.

  1. Cores: outro aspecto que cria divergências no preço são as cores. Dentre elas há as seguintes opções:
  • 1×0: Impressão utilizando somente a cor preta apenas de um lado.
  • 1×1: Impressão utilizando somente a cor preta na frente e no verso.
  • 4×0: Como já visto aqui no Blog a maior parte dos sistemas de impressão trabalha com o CMYK (quatro cores que quando misturadas dão origem a todas as outras. Para ler nossa matéria especial sobre o tema clique aqui). Neste caso seria apenas um lado do material.
  • 4×1: um lado colorido e o outro somente impresso em preto.
  • 4×4: ambos os lados coloridos.
  • Pantone: são tintas especificas. Normalmente seu custo é elevado por isso torna-se recomendável somente em materiais de média a grande tiragem. É preciso informar quantas e quais cores são.

vcprinta---cores

É possível simplificar a informação dizendo que se quer somente impressão frente ou frente e verso, mas vale ressaltar que quanto mais precisa a informação, mais pontual será seu orçamento.

  1. Tiragem: a quantidade de peças a serem feitas é relevante pelo mesmo motivo apresentado no primeiro item. A tiragem determina o quanto de matéria-prima será preciso para produção e o repasse desses valores ao cliente será mais justo.
  2. Acabamento: quer um cartão de visita com um corte diferente, uma pasta com aquele brilho no logotipo ou uma proteção a mais em seu adesivo de parede? Informe a gráfica. Especificar o que espera de seu material final é a chave do sucesso para ter o que há de melhor qualidade. Alguns tipos de acabamento: refile (corte), grampeamento, encadernação, laminação, verniz, etc.

pa_face 2017-01-01

A VCPrinta está sempre pronta para te ajudar, nos envie e-mail para atendimento@vcprinta.com.br com suas dúvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *